quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Pastoril e a queima da Lapinha em Olinda




“Boa-noite, meus senhores todos
Boa-noite, senhoras também;
Somos pastoras
Pastorinhas belas
Que alegremente
Vamos a Belém.”

Foi ao som do Pastoril “Estrela de Belém”, fundado em 1956, que Olinda fechou seu ciclo natalino com a tradicional queima da lapinha na Praça do Carmo.

Vinda do bairro do Amaro Branco, a lapinha foi conduzida, pelas ruas da Cidade Alta, por quase 40 pastorinhas entre o azul e o encarnado.

O encantamento das cores e a alegria da festa, que só olindense sabe fazer, possibilitou, nesta noite de Reis (06/01), um verdadeiro encontro com a cultura pernambucana.

Viva o cordão azul,
Viva o cordão encarnado,
Viva Olinda Viva.

0 comentários: